Saiba como fazer uma estimativa de custo de obra

Muitas pessoas acreditam que a estimativa do custo de obra é equivalente ao orçamento. No entanto, são conceitos diferentes.

Dicas

18.08.2021 | 1 minutos de leitura

Saiba como fazer uma estimativa de custo de obra

A estimativa se trata de uma previsão, ou seja, um possível valor de quanto será necessário investir. Já o orçamento diz respeito ao valor que será investido de fato. 


A estimativa deve ser elaborada antes do projeto ser definido e é importante que seja feita para analisar a possibilidade de realizar a obra, a viabilidade e quanto deve custar (irá se encaixar em seu orçamento atual?). 


Mas como fazer essa estimativa de custo de obra? A gente conta pra você!


Considere que cada uma das etapas abaixo representa uma porcentagem do valor total: 


  • O projeto: 1% a 2%;

  • Preparações preliminares: 3%;

  • Fundação: de 3% a 7%;

  • Estrutura de 12% a 20%;

  • Instalações hidráulicas: de 9% a 12%;

  • Instalações elétricas: até 8%;

  • Fechamentos: de 10% a 19%;

  • Cobertura: de 3% a 5%;

  • Acabamentos: de 20% a 38%;

  • Limpezas e retoques: de 1% a 2%. 


Tendo isso em mente, para que o custo real da obra não extrapole o que foi previsto na estimativa, é necessário um bom planejamento e muita pesquisa. Alguns profissionais calculam o valor com base no custo por metro quadrado, já outros optam por calcular a partir do CUB da região. 


O CUB (Custo Unitário Básico) é um valor divulgado todos os meses pelos Sindicatos da Indústria da Construção Estaduais (SINDUSCON). Sendo assim, os valores são regionais e variam conforme o estado. A base para esse cálculo consiste em levantamentos feitos em termos de preço de materiais, mão de obra, assim como de equipamentos necessários a fim de se executar projetos padronizados. O total obtido é dividido entre a área construída e como resultado temos R$/ m².


Para ter acesso aos dados do CUB, você pode acessar aqui.


Mais em Dicas
Veja todos
 
 
 
 

Suporte

Telefone Enerbras